Sônia Maria Santos

  • 2007

    Com o Livro “Todas as Fábulas” recebe o Prêmio Nacional, ano 2007, “Francisco da Silva Nobre”, da União Brasileira de Escritores do Rio de Janeiro.

    E em dezembro do mesmo ano, o Prêmio “Colemar Natal e Silva”, conferido pela Academia Goiana de Letras.

  • 2012

    Em 20 de novembro de 2012, recebe, como Destaque Cultural, o Troféu Santuário da Arte na sua XIII Coletiva de Escritores e Pintores.

  • 2013

    E em 08 de março de 2013, recebe a Comenda Berenice Teixeira Artiaga, na Assembleia Legislativa do Estado de Goiás.

  • 2015

    Com o livro “Lúcida Chama”, recebe o prêmio Nacional, ano 2015, “Orígenes Lessa”, da União Brasileira de Escritores do Rio de Janeiro.

    Em 10 de novembro de 2015, recebe da AFLAG – Academia Feminina de Letras e Artes de Goiás, em comemoração aos 46 anos da entidade, o troféu Mulheres que engrandecem o Estado de Goiás.

Autora de seis livros de poemas publicados:

  • A Teia dos dias (Goiânia: UCG, 1985).
  • Casa do Tempo (Goiânia: Kelps, 1995).
  • Mar Invisível (Goiânia: Kelps, 2000).
  • Todas as Fábulas (Goiânia: Kelps, 2006).
  • Matéria da alma (Goiânia: Kelps, 2011).
  • Lúcida Chama (Goiânia: Kelps, 2015).
  • Casa do Tempo. 4a. ed. Goiânia: Kelps, 2011, reeditado no Projeto Prosa e Verso;
  • Mar Invisível. 5a. Ed. Goiânia: Kelps, 2012, reeditado no Projeto Prosa e Verso.
  • Todas as Fábulas (Goiânia: Kelps, 2ª Edição 2015)