bg-banner

"A matéria não mata o espírito, não extingue o sentimento do sublime,
do superlativo do belo, que é forma e expressão de estados de ser em busca
da plenitude, de ser que necessita revelar-se e, por isso, a arte poética,
a despeito de declarada morta por muitos, há tempos, continua viva, porque
o ser, realmente humano, posto que em permanente conquista de essência,
não pode prescindir da palavra, em sua concepção profunda de revelação
do ser, em sua concepção metafísica, porque o homem é matéria e espírito,
que necessita do permanente, para superar o efêmero, o passageiro, que
o inquietam durante todo o existir."

José Fernandes

Continuar Lendo

Mais Livros

Biografia

Livros